Visualizações

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Mais uma de amor platônico.

Sabe, você não existe no meu mundo. Você vem de uma dimensão onde a perfeição vive.



Acordo pela manhã, e te digo "Bom dia.". Palavras minhas absorvidas diretamente pelo seus lábios. Seus lábios que por todas as manhãs me nutrem com um doce néctar da perfeição.
O calor de seu peito por cima do meu, às vezes torna-se mais precioso do que a do reverendo sol. Um sussurrar de suas palavras ao meus ouvidos torna o meu olhar mais risonho. Este olhar risonho que toda vez que se choca com os seus olhos azuis, sente-se como um pássaro mergulhando entre as nuvens.
Seu sorriso me alegra. Enquanto come as frutas que separei para o seu café da manhã, fico admirando os movimentos suaves e intenso da dança de seus lábios. 

Ilusões produzidas pela minha fértil mente. Fantasias que se escondem no fundo do meu interior.



Entre mim e você existe uma parede. Não vejo o seu rosto, não sinto seu cheiro, não toco seus lábios e nem ouço a sua voz diariamente. Mas isso não me impede de admirar a sua perfeição ainda desconhecida por mim.
Daria minha vida para poder ver o seus olhos recebendo as flores que um dia te mandei.
Quero viver o dia que minhas fantasias se tornam realidade.

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Fases.

As fases de nossas vidas são breves e passageiras. Para cada fase, incluem-se novos ciclos, novos relacionamentos, novos hábitos, etc.. Assim como há inclusões, existem também exclusões nessas fases. Mas dentre todas as inclusões e exclusões que são feitas em nossas vidas, exite algo que não pode ser excluído ou substituído. Este faz parte de um ciclo eterno que nem a morte bota fim. Este é o Amor. Amor esse que é caracterizado por pessoas como você. E por séculos, milênios, bilênios continuará a renascer como a poderosa Fênix.
Eu te amo . Amo com todas as minhas forças. Não fostes apenas uma fase na minha vida, mas fará parte do todos os próximos. Desta e de todas as minhas vidas.
                                                                                    .:Alex Hideo

sábado, 18 de junho de 2011

Alguns dos meu tweets.

 
@AlexHideo


  Alex Hideo Kasuga 



-Eu acho que essas piadas que fazem pouco caso das pessoas, sejam elas quem forem, são ignorantes e cruéis.
-Sinto que tenho que passar o dia tentando te provar que te amo. Mas isso nunca é o bastante. Você sempre pede mais.
-Algumas coisas ficam melhores quando se quebram.
-Vou fazer oração. Sabe pque? Pque eu sou uma pessoa muito religiosa e sem vergonha disso!
-E de porta em porta eu procuro um alguém que chame por meu nome.
-Têm pessoas que não se dão conta de que são extremamente chatas e insistentes!
-Im sick of this sucky routine. Parents buggin me, people tryin to say what ive to do. N by the way, im not interested what anyone r thinkin
-

sábado, 14 de maio de 2011

Seul sous la pluie


Por muitas luas tenho me visto só.
Os meus pés descalços absorvem o frio que no chão se encontra.
Minhas dores são aliviadas por uma maldita dormência na pele.
Os espinhos que castigam os meus erros parecem estar mais afiados esta noite.
A chuva me acerta como meteoros gelados que queimam o meu corpo.
A unica luz que me resta é a dos raios que me cercam.
E sinto que por muitas luas, ainda continuarei só.

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Missin' you!

video>Tu me fazes chorar a cada dia que passa o meu ser longe de ti.
Preciso de tua presença para poder ser feliz a todo estante.
Tua ausência é o meu castigo de cada dia.
A imagem de teus olhos azuis não saem da minha mente e me fazer escravo da dor.
A saudade é a minha arca inimiga.
Tu me torturas por estar longe. Mas o que me mantém vivo, é saber que ainda irei te encontrar.
Sua voz, olhar, respiração sempre me fazem falta.
Viveria sem meu coração mas não sem ti.

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Self Life.

Do terraço de um prédio, atiraste sua vida junta a minha.
No momento em que deixaste derramar uma lágrima egoísta dos seus olhos, não pensaste em mais ninguém além de ti.
Fostes cruel com aqueles que vos amam. Deixaste feridas e mais feridas para trás.
Minha visão hoje é monocromática. Minhas palavras secas e frias. Deixaste meu mundo como um em cacos.
Sinto-me massacrado pelas lembranças que me restaram. As fotografias que guardo num baú, fazem meu coração derramar lágrimas de sangue.
Sinto me abandonado por ti.

domingo, 1 de maio de 2011

The love of MY god.


Não creio em um Deus cruel e castigador. Não creio em um Deus que ira-se com seus filhos. Não creio em um Deus que vê as suas proles como servos e não como filhos. Eu não creio nesse Deus frio e mesquinho.
O Deus em que eu creio, é um deus cheio de amor aos seus filhos. Deus esse, que perdoa o seu filho. Seja lá qual for o seu erro. Deus esse, que me faz acordar todas as manhãs com a vontade de viver e fazer o bem, sem medo. Deus esse que me impõe respeito, e não medo.
O Deus em que eu creio, é acima de tudo, meu amigo.

sexta-feira, 29 de abril de 2011

A HAPPY MOMENT AND THE HAPPYNESS


Estava a me contentar com a alegria. Alegria oca, seca e vazia. O que até então eu considerava felicidade, foi tão breve quanto um orgasmo. A alegria é só um falso conceito de felicidade.
Troquei meu ciclo de amizade, pois achei que estava muito chata.
Mudei meu jeito de ser, pois achei que não estava "descolado" o bastante.
Quando achava estar progredindo, estava me perdendo em um labirinto de cartas que por um soprar do vento, deixou-se desmoronar o castelo de fantasias.
Me dei conta que estava para chegar ao fim de uma estrada que se dirigia para um abismo, somente quando vi as paredes se fechando contra meu corpo.
Amigos mostraram a face das suas costas para mim, e agora estou junto à solidão no escuro.

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Beijo


Acordo todas as manhãs com uma inexplicável sede,
Sinto-me um inseto aprisionado por uma aranha numa rede.

A sede que sinto é complexa e inexplicável,
Tomo água, tomo álcool. Uma sede insaciável.

Sinto também uma fome que não é de feijão ou de queijo,
O que na verdade sinto falta, é do sabor do teu beijo.

Seus lábios, com um sabor doce e macio,
Deixam toda noite no meu coração um vazio.

A boa sensação de amar,
Me inspira a rimar.

Mas na verdade meu amor,
A minha inspiração de todo dia, é do seu corpo, o suave calor!

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Waiting for the next night



E outra vez, estamos aqui, em uma mesa de um canto escuro de um pub.
Calados, relembrando os acontecimentos, que além de nós, só um abajur e uma cama de um quarto cinza testemunharam.
Logo, as palavras se embolam na minha garganta, e eu só não consigo te dizer adeus.
Não quero que você se vá. Porém, calado vejo você se levantar.
Em meu olhar, tom de voz e secura dos lábios, pode-se perceber, o quanto você me faz falta!
Na mesma mesa, de um mesmo pub, te espero para novamente nos vermos, e em silencio conversarmos.
Com um cigarro e uma taça de um champagn dos mais baratos, estou esperando pela noite seguinte.
Esperando pela noite seguinte.
Esperando para te ver novamente!